Wednesday, March 30, 2016

Ouroboros I


Guardian, Kiyo Murakami, 2008

Um princípio começa onde algo foi encerrado: uma ruptura no texto sem fim. Eclode a eternidade a ser uma lâmina em cada postulado. Por cada ciclo da sabedoria o que nasce e o que morre devoram-se em igual extensão, sobra um esqueleto com um homem pendurado da sua carne. É cavalgar um relâmpago, querer legislar sobre o desconcerto colectivo da acção, essa coreografia sem porquê do rio do tempo. Todos os raciocínios políticos se alimentam da morte. O pensamento e a vida cevam-se nessa clareira, vazio aberto que obriga o silêncio ao conceito, a turbulência à forma, e nesse deserto que ruge dessedentam-se no sangue mútuo.

Jesus Carlos

Labels:

Monday, March 28, 2016

Deadly Pistachios, 267


The End of a Perfect Day, Kiyo Murakami, 2006

Labels:

Saturday, March 26, 2016

Deadly Pistachios, 266


Broken Tomato, Chen Wei, 2009

Labels:

Thursday, March 24, 2016

Deadly Pistachios, 265


The Fish, Loretta Lux, 2003

Labels:

Sunday, March 20, 2016

Um Nada


Fritz Star, Liselotte Schuppers, 2004

Para dentro da treva a ser conduzido para nenhum lugar na madrugada de chuviscos. A vida não tem de ter sentido, nem o desejo rumo, tudo é precário, um momento gasoso de névoa pelos vidros. Um dia estivemos aqui, e é tudo. A morte também apagará este instante. Antes, o tempo apagou-o. É tudo um vórtice, mas naquela noite do cão e do vento estivemos aqui, e sabemo-lo. Desenhos nos vidros com o hálito que vai e vem, no carro parado. Um rasgão, um claror.

Jesus Carlos

Labels:

Wednesday, March 16, 2016

Deadly Pistachios, 264


Bubble Gum, Liam Peters, 2013

Labels:

Thursday, March 10, 2016

Deadly Pistachios, 263


'Blue Velvet', David Lynch, US, 1986

Labels:

Monday, March 7, 2016

Deadly Pistachios, 262


The Calligraphy of Disproportionate Advantage, Terry Rodgers, 2008

Labels:

Thursday, March 3, 2016

Deadly Pistachios, 261


Divergence, Terry Rodgers, 2013

Labels:

Moleskine de Scardanelli © 2012 (3rd edition) | Panel